Dúvidas Comuns sobre PESQUISA AÇÃO na Metodologia

Compartilhar:

Continuando as respostas sobre as séries de vídeos sobre como montar uma metodologia. Muitas pessoas ficaram com dúvidas sobre pesquisa ação.

Muitas pessoas não entenderão o conceito e como este pode ser utilizado para montar a metodologia.

Deste modo, hoje vamos conceituá-lo novamente além de usar exemplos de pesquisa ação para ficar bem claro para você entender.

MATERIAIS:

  1. VÍDEO 1 – INSTRUÇÕES DA PREMIAÇÃO E INFORMAÇÕES DA SERIE
  2. PASTA DROPBOX – MATERIAIS DO GUIA DA MONOGRAFIA

O que é Pesquisa Ação?

Pesquisa ação é aquela que você coloca a mão na massa focando em resolver um problema maior.

É consensual, atualmente, o reconhecimento de que a pesquisa ação deriva do trabalho de Kurt Lewin, após a Segunda Guerra Mundial, o qual sistematizou algumas formas de comportamentos em um ciclo composto de quatro momentos básicos: planejamento, ação, descoberta e analise. Para Lewin, a pesquisa ação é um processo dinâmico e dialético. (MACHADO, MAIA e LABEGALINI, 2007)

Tendo como exemplo: Identificar quantos metros uma abelha voa longe da sua rainha. Todos os envolvidos do local, quanto você vai em loco descobrir anotando, observando e registrando.

Exemplo 1 de pesquisa ação

Usando o exemplo: As vantagens do controle do diabetes mellitus tipo 2 e o exercício resistido. Podemos classificar como pesquisa em ação em apenas um caso.

Só seria uma pesquisa ação se você e mais a comunidade fizessem algo para ajudar nesse controle do diabetes.

Também, esta ajuda deveria ocorrer por um período de tempo e mostrasse os resultados na sua pesquisa.

É como se fosse uma pesquisa de campo mesmo. O pesquisado se desloca, realiza o que tem de ser feito, como por exemplo ajudar a comunidade a mudar a sua alimentação.

Porém, você deve observar e anotar tudo e depois colocar os resultados obtidos da pesquisa na metodologia.

LEIA TAMBÉM:  Explicação Simples sobre Métodos de Análise

Deste modo, você faz uma ação comunitária em junção com um grupo maior de pessoas. E claro, coloca a mão na massa e busca resultados.

Essa ação comunitária seria a sua pesquisa ação. Toda ação comunitária normalmente é uma pesquisa ação em andamento.

Assim, basicamente é isso, você vai ter que realizar um projeto social ou algo semelhante. Você juntamente com mais um grupo de pessoas.

Você vai promover o projeto social, se engajar, se locomover até lá e aplicar as suas ideias de mudança.

Exemplo 2 de pesquisa ação

Tendo mais um exemplo para você visualizar o que é a pesquisa ação. Você pode arrecadar brinquedos e ir distribuir em uma comunidade carente, por exemplo.

Esta sua ação comunitária pode ser sim uma pesquisa ação. Você realiza a doação, mas se registrar e anotar tudo.

Você pode anotar desde o nível de felicidade das crianças até quantos brinquedos foram doados. Também você pode registrar o quantos brinquedos de cada espécie foram doados.

Quais resultados você conseguiu com esta ação, quantas crianças foram atingidas e tiveram suas vidas feitas um pouco melhor.

Você realiza a ação social só que com um olhar mais crítico, analítico e de pesquisador. E não apenas como um simples gesto.

Então basicamente na pesquisa ação você que é o pesquisador, mas a comunidade possui um papel importante.

O problema que deverá ser resolvido com a participação dela e a mesma será um fator de análise na sua pesquisa.

Concluindo

Com estes dois exemplos ficará mais fácil para você conceituar o que é uma pesquisa ação e utilizá-lo no TCC.

Mas como um conceito final para você fixar podemos definir:

  • Pesquisa ação: Você e os envolvidos fazem uma ação para resolver um problema coletivo.
LEIA TAMBÉM:  Os Resultados do TCC Estão inconclusivos, e agora?

Desta forma diferenciamos a pesquisa ação de outro modelo de pesquisa muito comum usado em monografias:

  • Pesquisa participante: Você faz parte de uma comunidade para entender as necessidades daquele grupo.

Com os dois termos bem definidos para você, agora não há mais dúvidas de como aplicar uma pesquisa ação.

Referencias

MACHADO, L. M.; MAIA, G. Z. A.; LABEGALINI, A. C. F. Pesquisa em Educação: passo a passo. Marília,SP: Edições M3T, 2007.

 

Compartilhar:

Deixe seu comentário