O método TCC em blocos do Monografis: Referencial teórico com texto dissertativo-expositivo

Compartilhar:

Sumário

No mundo acadêmico, o desenvolvimento de uma pesquisa científica sólida é essencial, e o método TCC em blocos do Monografis desempenha um papel fundamental nesse processo. Este artigo irá explorar os elementos-chave desse método, fornecendo uma visão detalhada de como ele funciona e como pode ser aplicado para aprimorar a qualidade de trabalhos acadêmicos, dissertações e teses.

O Método TCC em Blocos

O Método TCC em Blocos, desenvolvido pelo professor, é uma abordagem inovadora para a criação de trabalhos acadêmicos, baseada em blocos de texto. Nesta seção, vamos discutir os princípios fundamentais desse método e como ele difere das abordagens tradicionais de pesquisa.

Texto Dissertativo-Expositivo no artigo científico

Um Texto Dissertativo-Expositivo, em uma pesquisa como um artigo acadêmico, é uma forma de escrita que combina elementos de exposição e argumentação com o objetivo de apresentar informações de forma objetiva, clara e baseada em evidências. Ele é usado para transmitir fatos, conceitos, teorias e dados de pesquisa de maneira imparcial, sem incluir opiniões pessoais.

  • Introdução: A introdução de um trabalho científico ou de pesquisa geralmente é um texto expositivo que apresenta o tema do trabalho, os objetivos da pesquisa e a metodologia utilizada.
  • Resumo: O resumo de um trabalho científico ou de pesquisa também é um texto expositivo que apresenta os principais resultados da pesquisa.
  • Resultados: Os resultados de um trabalho científico ou de pesquisa são geralmente apresentados em forma de texto expositivo, com tabelas e gráficos para ilustrar os dados.
    • Os resultados de um trabalho científico ou de pesquisa podem ser apresentados de forma descritiva, ou expositiva.
      • A forma descritiva é mais comum em trabalhos de pesquisa qualitativa, que se concentram na descrição de fenômenos ou eventos.
      • A forma expositiva é mais comum em trabalhos de pesquisa quantitativa, que se concentram na análise de dados.
  • Discussão: A discussão de um trabalho científico ou de pesquisa é um texto dissertativo, ou expositivo que analisa os resultados da pesquisa e apresenta conclusões.
    • A discussão de um trabalho científico ou de pesquisa é dissertativa. O objetivo da discussão é analisar os resultados da pesquisa e apresentar conclusões. Isso é feito por meio de um texto dissertativo que interpreta os resultados, relaciona-os com a literatura existente e aponta para possíveis implicações para o campo de pesquisa.

      A discussão é uma parte importante de um trabalho científico ou de pesquisa, pois permite ao autor explorar as implicações dos resultados e contribuir para o avanço do conhecimento. Ela deve ser escrita de forma clara e objetiva, com argumentos bem fundamentados.

  • Referencial teórico: O referencial teórico é um texto expositivo que apresenta as principais teorias e conceitos relacionados ao tema da pesquisa.
  • Metodologia: A metodologia é um texto expositivo que descreve os métodos e técnicas utilizados na pesquisa.

O referencial teórico e a metodologia também são importantes em trabalhos científicos e pesquisas, pois fornecem o contexto e a base para os resultados apresentados. O referencial teórico fornece uma visão geral dos principais conceitos e teorias relacionados ao tema da pesquisa, enquanto a metodologia explica como os dados foram coletados e analisados.

Capítulos Expositivos e Dissertativos

Capítulos Expositivos: Geralmente, os capítulos expositivos são aqueles que apresentam informações de forma neutra e informativa.

Eles incluem a exposição de:

  • conceitos,
  • definições,
  • revisões de literatura,
  • descrições de metodologia e
  • resultados.

Os capítulos expositivos não devem conter opiniões pessoais ou argumentos, mas sim fatos e informações objetivas.

Capítulos Dissertativos: Os capítulos dissertativos são aqueles em que o autor argumenta, analisa, interpreta e elabora sobre os dados e informações apresentados nos capítulos expositivos. Aqui é onde o autor pode expressar suas opiniões e argumentos com base nas evidências apresentadas anteriormente.

Palavras a Evitar em um Texto Expositivo

Para manter a objetividade em um texto expositivo, evite o uso de palavras que revelem opiniões pessoais, tais como “acredita-se”, “é óbvio que”, “certamente”, “infelizmente” e outros termos que denotem julgamento pessoal. Em vez disso, concentre-se em fornecer informações de forma direta e imparcial.

Importância da Conformidade com Exemplos e Citações

A conformidade com exemplos e citações é fundamental em um texto expositivo, pois fortalece a credibilidade e a validade das informações apresentadas. Aqui estão algumas razões para enfatizar a conformidade:

  1. Validação das Informações: Ao incluir exemplos e citações, você está validando as informações apresentadas, mostrando que elas são apoiadas por evidências concretas.
  2. Evitar Plágio: Citando corretamente as fontes, você evita o plágio, que é uma violação ética grave na pesquisa acadêmica.
  3. Transparência: A inclusão de exemplos e citações torna seu texto transparente, permitindo que os leitores rastreiem a origem das informações e verifiquem a validade delas.
  4. Enriquecimento do Conteúdo: Exemplos bem escolhidos enriquecem o conteúdo, tornando-o mais compreensível e relevante para o leitor.

Em resumo, um Texto Dissertativo-Expositivo na pesquisa é uma combinação de exposição objetiva de informações e argumentação baseada em evidências. A distinção entre capítulos expositivos e dissertativos é fundamental para manter a clareza e a imparcialidade. Evitar palavras que revelem opiniões pessoais é essencial para a escrita expositiva, e a conformidade com exemplos e citações fortalece a credibilidade da pesquisa.

Tópico Frasal e Objetivos

O tópico frasal desempenha um papel crucial na criação de capítulos expositivos. Ele representa o objetivo central de um capítulo, e normalmente inclui a missão de apresentar uma visão abrangente, que inclui tanto aspectos históricos quanto contemporâneos do tema em discussão. O tópico frasal age como um guia para o leitor, fornecendo um roteiro sólido para o desenvolvimento do conteúdo.

No contexto de um tópico frasal, é comum que o autor se comprometa a abordar todos os aspectos relevantes do assunto, garantindo que o leitor compreenda completamente o tema. Isso pode envolver:

  • Apresentar o tema de forma clara e concisa, estabelecendo uma base sólida para a discussão.
  • Definir os conceitos-chave relacionados ao tema, assegurando que os leitores tenham uma compreensão precisa dos termos envolvidos.
  • Destacar a importância do tema, explicando por que é relevante e merece atenção.
  • Explorar as práticas atuais e tendências relacionadas ao tema, oferecendo uma visão completa do panorama atual.
  • Discutir os benefícios associados ao entendimento do tema, mostrando por que vale a pena estudá-lo e compreendê-lo.
  • Abordar os desafios e questões em aberto que podem surgir na análise do tema, reconhecendo suas complexidades.
  • Explorar as tendências atuais e futuras, permitindo que os leitores antecipem as direções potenciais do tópico.

Em resumo, o tópico frasal não apenas estabelece o objetivo do capítulo, mas também atua como um guia abrangente que orienta o leitor por todos os aspectos do assunto, desde suas raízes históricas até suas implicações contemporâneas e futuras.

Sustentação e Argumentação

A sustentação e a argumentação desempenham papéis fundamentais na construção de um texto dissertativo-expositivo sólido. Nesta seção, examinaremos em detalhes como construir uma argumentação robusta, apoiada por evidências e referências relevantes.

No contexto do Guia da Monografia, a sustentação é um conceito crucial que envolve a isolação do argumento de conformidade (autoridade) imediatamente após a apresentação do tópico frasal. Isso é geralmente feito por meio de citações de autoridades no assunto, como acadêmicos, pesquisadores ou especialistas no campo. Essas citações fornecem uma base sólida para o argumento, pois demonstram que a informação está respaldada por fontes confiáveis.

Além disso, a sustentação vai além da mera citação de autoridades. Também envolve a conexão das evidências da sustentação com o tópico apresentado, estabelecendo relações claras entre os próximos parágrafos de argumentação e as informações fornecidas. Isso pode ser alcançado por meio de exemplos práticos, casos de estudo, estatísticas relevantes e qualquer outra forma de evidência que apoie e fortaleça o argumento central.

É importante notar que, no contexto da pesquisa acadêmica, a sustentação mais comum é obtida através da conformidade com autores e exemplos práticos. Isso significa que, ao apresentar uma afirmação ou argumento, é essencial respaldá-lo com referências a autoridades reconhecidas na área e demonstrar sua aplicação prática em cenários reais.

Portanto, a sustentação e a argumentação desempenham um papel crucial na solidez de um texto dissertativo-expositivo. No Guia da Monografia, a sustentação envolve a citação de autoridades e a conexão de evidências com o tópico apresentado, com foco na conformidade com autores e exemplos práticos como fontes de respaldo.

Conclusão

O método TCC em blocos do Monografis é uma ferramenta poderosa para estudantes e pesquisadores que desejam criar trabalhos acadêmicos de alta qualidade. Este artigo forneceu uma visão abrangente dos elementos-chave desse método, incluindo a estrutura do capítulo expositivo, argumentativo e descritivo apresentados como, tópico frasal, sustentação e argumentação, além de dicas sobre como aplicar esses conceitos. Ao seguir os princípios apresentados aqui, os acadêmicos podem melhorar significativamente sua capacidade de conduzir pesquisas sólidas e bem fundamentadas.

Compartilhar:

Deixe seu comentário

Desenvolva sua habilidade de redação de TCC!

Quem domina a arte da argumentação não teme ser substituído por inteligência artificial! Junte-se para se destacar agora! Participe do Grupo VIP para ofertas exclusivas e orientações especializadas.