Método do Monografis REVELADO: Aplicativo para Fazer seu TCC rápido e aprovado!

Compartilhar:

Sumário

Passo 1: Identificando as variáveis de pesquisa no problema de pesquisa

Ao iniciar seu trabalho acadêmico, é essencial identificar as variáveis de pesquisa dentro do seu problema de pesquisa. Essas variáveis são elementos-chave que serão investigados e analisados em seu estudo. O Monografis – Orientador de TCC pode te auxiliar nesse processo, guiando-o na definição dessas variáveis importantes.

Uma maneira de identificar as variáveis de pesquisa é através do assunto principal que você deseja abordar e sua relação com outros temas. Ao questionar a si mesmo sobre o que você quer falar em seu trabalho, é útil pensar em quais outros assuntos têm conexão com o tema central.

Por exemplo, se você está explorando o tema da Educação a Distância (EAD), pode considerar a relação entre professores que possuem canais no YouTube e seu impacto no processo de aprendizagem dos estudantes.

Nesse caso, a variável 1 e a variável 2 seriam:

  • Professores com canais no YouTube
  • Impacto no processo de aprendizagem dos estudantes.

O que são variáveis de pesquisa e como identificá-las em meu TCC?

Variáveis de pesquisa são elementos que podem ser mensurados, observados ou controlados em um estudo. Elas são fundamentais para a definição e delimitação do problema de pesquisa, permitindo uma análise mais precisa e direcionada. As variáveis podem assumir diferentes formas, como variáveis nominais, ordinais, intervalares ou de razão.

As variáveis nominais são aquelas que representam categorias ou características distintas, sem uma ordem específica. Por exemplo, “gênero” (masculino/feminino), “região geográfica” (Norte/Sul/Leste/Oeste) ou “estado civil” (solteiro/casado/divorciado). Nesse caso, a variável “professores com canais no YouTube” pode ser considerada uma variável nominal, pois representa uma categoria específica de professores.

Já as variáveis ordinais possuem uma ordem ou hierarquia natural entre as categorias, mas não têm uma distância precisa entre elas. Um exemplo seria “grau de satisfação” (muito insatisfeito/insatisfeito/neutro/satisfeito/muito satisfeito) ou “nível de concordância” (discordo totalmente/discordo/indiferente/concordo/concordo totalmente). No contexto do exemplo, a variável “impacto no processo de aprendizagem dos estudantes” pode ser considerada uma variável ordinal, pois implica diferentes níveis de impacto.

No contexto do seu estudo, você pode ter outras variáveis que sejam relevantes para a sua pesquisa. Identificar e definir adequadamente as variáveis de pesquisa é crucial para formular hipóteses, coletar dados relevantes e realizar análises adequadas em seu trabalho acadêmico.

Depois de entender sobre as variáveis de pesquisa, o próximo passo é focar inteiramente no problema de pesquisa. Acertar aqui é crucial para garantir a aprovação.

Formulação do problema de pesquisa TCC usando modelos aprovados.

Ao formular seu problema de pesquisa, você pode utilizar moldes que combinam essas variáveis para criar um problema descritivo, correlacional ou causal. Alguns exemplos de modelos de problemas de pesquisa são:

  1. Quais os fatores que influenciam a adoção de canais no YouTube por professores na Educação a Distância?
  2. Qual é a relação entre a presença de professores com canais no YouTube e o engajamento dos estudantes em cursos EAD?
  3. De que forma os canais no YouTube dos professores impactam a motivação dos alunos em cursos online?
  4. Quais são os benefícios e desafios enfrentados pelos professores ao utilizar o YouTube como ferramenta de ensino na Educação a Distância?
  5. Como a interação dos estudantes com os canais no YouTube dos professores contribui para a qualidade do processo de aprendizagem em cursos EAD?

O Monografis guiará você no processo de identificação das variáveis de pesquisa, que normalmente são variáveis nominais. Uma vez identificadas, essas variáveis podem ser combinadas com modelos de problemas de pesquisa aprovados, permitindo que você desenvolva seu problema de pesquisa em questão de minutos.

Com o auxílio do Monografis, você terá um caminho claro na definição das variáveis de pesquisa e na construção de um problema de pesquisa sólido para o seu trabalho acadêmico.

Passo 2: Instrumentos de coleta das variáveis de pesquisa

Após identificar as variáveis de pesquisa, é essencial determinar os instrumentos de coleta adequados para obter os dados necessários. Esses instrumentos são ferramentas, métodos ou técnicas utilizados para coletar informações que permitirão uma análise mais precisa e embasada.

Ao escolher os instrumentos de coleta, é importante considerar a natureza das variáveis e os objetivos da pesquisa. Podem ser utilizados questionários, entrevistas, observações, análise de documentos, entre outros recursos, dependendo do tipo de dado desejado e da abordagem da pesquisa.

Ao definir os instrumentos de coleta, você terá uma visão clara do que pode ser realizado em seu estudo e poderá determinar o verbo do objetivo geral.

Por exemplo, se sua pesquisa se concentra em “professores com canais no YouTube” e o objetivo geral é compreender o impacto desses canais no processo de aprendizagem dos estudantes, você pode determinar o verbo “avaliar”, readequando o objetivo geral para “avaliar o impacto dos canais de professores no YouTube no processo de aprendizagem dos estudantes”.

É fundamental que o verbo escolhido seja viável de ser alcançado, levando em consideração os recursos disponíveis e a abrangência do estudo. Muitas vezes, os alunos utilizam verbos como “implementar” em situações em que realizar apenas uma análise seria mais apropriado.

Por exemplo, no contexto da Educação a Distância (EAD), um estudante poderia incorretamente escolher o verbo “implementar” ao investigar o impacto de uma nova metodologia de ensino, quando na verdade seria inviável implementar essa metodologia em um curto período de tempo.

Ao seguir esses passos e considerar cuidadosamente os instrumentos de coleta das variáveis de pesquisa, você estará no caminho certo para desenvolver um trabalho de qualidade e embasado.

Passo 3: Determinar o tipo de pesquisa do TCC a partir da sua intenção

Ao elaborar o seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), é essencial refletir sobre sua intenção para identificar o tipo de pesquisa mais adequado. As perguntas a seguir podem auxiliá-lo nesse processo:

  1. Quero compreender ou explicar? Se a sua resposta for sim, é provável que a pesquisa seja do tipo Explicativa. Esse tipo de pesquisa busca compreender as relações de causa e efeito entre variáveis e explicar fenômenos observados. Por exemplo, ao explorar o contexto da Educação a Distância (EAD), uma pesquisa explicativa pode investigar como a interação entre estudantes em fóruns online influencia seu desempenho acadêmico.
  2. Quero apenas descrever características, fenômenos ou situações sem aprofundar em explicações ou compreensões mais profundas? Se a resposta for sim, então a pesquisa pode ser classificada como Descritiva. Esse tipo de pesquisa visa fornecer uma descrição detalhada e precisa do objeto de estudo, sem buscar necessariamente uma explicação causal. Por exemplo, em relação ao EAD, uma pesquisa descritiva pode se concentrar em descrever as principais características dos cursos online, como plataforma utilizada, duração média, recursos disponíveis, entre outros aspectos relevantes.
  3. O tema é pouco conhecido e requer o levantamento de uma base teórica? Se a resposta for sim, será necessário incluir o tipo de pesquisa Exploratória. Esse tipo de pesquisa busca explorar um tema pouco estudado ou compreendido, permitindo a obtenção de uma visão mais abrangente e o levantamento de informações preliminares. No contexto do EAD, uma pesquisa exploratória pode investigar as diferentes metodologias de ensino utilizadas nesse ambiente e compreender as possíveis vantagens e desafios associados.

Através dessas perguntas e respostas, é possível identificar o tipo de pesquisa mais adequado ao seu estudo. Lembre-se de partir de um objetivo geral para construir perguntas que ajudem a delinear o tipo de pesquisa necessário.

Utilizando essas etapas no contexto do EAD, você poderá compreender como passar por esse processo e selecionar o tipo de pesquisa mais apropriado para o seu trabalho acadêmico.

Passo 4: Defina o procedimento da pesquisa a partir do local de coleta

Na última etapa do processo de pesquisa, é importante considerar o local de coleta dos dados e determinar o procedimento adequado para tratamento dos dados.

Para isso, leve em conta as seguintes questões:

  1. Você vai a campo? Se a resposta for sim, faça outra pergunta: Você vai estudar um caso específico, como um indivíduo, grupo, organização ou local? Se a resposta for sim, é muito provável que seu TCC se enquadre como um estudo de caso.
    1. O estudo de caso envolve uma investigação aprofundada e detalhada de um caso específico, permitindo uma compreensão mais abrangente e aprofundada do fenômeno em questão. Por exemplo, no contexto do EAD, um estudo de caso pode analisar como uma universidade específica implementou e gerenciou o ensino a distância, explorando os desafios e as melhores práticas adotadas.
  2. Caso você vá a campo, mas ainda não tenha escolhido a situação ou local a ser estudado, é possível que sua pesquisa seja classificada como pesquisa de campo.
    1. Outras opções incluem pesquisa etnográfica e pesquisa longitudinal, que também podem ser consideradas tipos de pesquisa de campo.
      1. A pesquisa etnográfica envolve a imersão do pesquisador em um determinado grupo social para compreender suas práticas, valores e comportamentos relacionados ao tema de estudo.
      2. Já a pesquisa longitudinal envolve a coleta de dados ao longo do tempo, permitindo analisar mudanças e desenvolvimentos ao longo de um período prolongado.
    2. Utilizando o exemplo do EAD, uma pesquisa etnográfica poderia explorar a cultura de aprendizagem dos estudantes em cursos online, enquanto uma pesquisa longitudinal poderia acompanhar o desempenho acadêmico de um grupo de alunos ao longo de vários semestres.
  3. No caso de não ser necessário ir a campo, você poderá escolher o procedimento mais adequado com base no tipo de dados que pretende coletar.
    1. Por exemplo, se o seu trabalho envolve uma revisão extensa de literatura, sua pesquisa será do tipo bibliográfico.
      1. Se a coleta de dados envolver análise de documentos existentes, como registros, relatórios ou documentos históricos, sua pesquisa será documental.

É importante também considerar o tratamento dos dados que serão obtidos.

Faça a seguinte pergunta: Vou interpretar esses dados ou usarei ferramentas estatísticas? Se a interpretação qualitativa dos dados for necessária, sua pesquisa será qualitativa.

Por outro lado, se você pretende realizar análises estatísticas e quantificar os resultados, sua pesquisa será quantitativa.

Vale ressaltar que também é possível combinar abordagens qualitativas e quantitativas, resultando em uma pesquisa quali-quantitativa, que permite uma análise mais abrangente dos dados.

Com base nessas considerações, é possível definir o procedimento de pesquisa mais adequado ao seu estudo, levando em conta o local de coleta dos dados, o tipo de análise e os objetivos da pesquisa.

Utilizando o exemplo do EAD, você pode escolher o procedimento de pesquisa que melhor se encaixa em sua investigação, garantindo a qualidade e a relevância dos resultados obtidos.

Conclusão

Neste artigo, exploramos as etapas fundamentais para a elaboração de um TCC utilizando a plataforma Monografis – Orientador de TCC. Ao longo do processo, pudemos compreender a importância de cada passo e como eles contribuem para a aprovação do trabalho acadêmico.

No Passo 1, aprendemos a identificar as variáveis de pesquisa no problema de pesquisa, permitindo a construção de um problema descritivo, correlacional ou causal. Através da combinação dessas variáveis e modelos de problemas, foi possível formular questões de pesquisa relevantes e adequadas ao tema abordado.

No Passo 2, destacamos a importância dos instrumentos de coleta das variáveis de pesquisa. Ao determinar os instrumentos adequados, obtém-se uma noção clara do que pode ser feito e, a partir disso, é possível definir o verbo do objetivo geral. Com exemplos práticos, ilustramos a importância de escolher verbos que sejam factíveis de serem alcançados, evitando expectativas irrealistas.

No Passo 3, abordamos a determinação do tipo de pesquisa do TCC com base na intenção do estudo. Com perguntas direcionadas, pudemos identificar se o objetivo era compreender, explicar, descrever ou explorar o tema em questão. Utilizando o exemplo do EAD, mostramos como essa análise pode direcionar a escolha do tipo de pesquisa, seja ela explicativa, descritiva ou exploratória.

No Passo 4, discutimos a definição do procedimento da pesquisa a partir do local de coleta. Exploramos a possibilidade de ir a campo, estudar casos específicos ou realizar pesquisas de campo, etnográficas e longitudinais. Também destacamos a opção de não ir a campo e utilizar procedimentos bibliográficos ou documentais. Além disso, enfatizamos a importância de considerar o tratamento dos dados, seja por meio de análises qualitativas, quantitativas ou quali-quantitativas.

Essas etapas, em conjunto, revelam o algoritmo interno do compromisso com a aprovação que o Monografis possui.

Ao utilizar essa plataforma, você terá acesso a um processo estruturado e eficiente para a elaboração do seu TCC, garantindo a qualidade e o embasamento necessário para a aprovação.

Portanto, convidamos você a visitar o site do Monografis e realizar um teste para vivenciar essa experiência e desfrutar dos benefícios oferecidos pela plataforma. Aproveite a oportunidade de contar com um orientador virtual que irá auxiliá-lo em todas as etapas do seu trabalho acadêmico, desde a definição do problema até a finalização do texto final.

Não deixe sua aprovação para a sorte, aproveite os recursos do Monografis e destaque-se na elaboração do seu TCC. Acesse agora mesmo e inicie sua jornada rumo ao sucesso acadêmico.

Conheça o Orientador Online de TCC Monografis.

MONOGRAFIS

Tenha já acesso aos Materiais Exclusivos para sua Formação: Clique aqui e faça o Download dos e-Books e Infográficos do Guia da Monografia.

Compartilhar:

Deixe seu comentário

Turma VIP no Whatsapp!

Estamos aqui para esclarecer dúvidas sobre TCC, Monografia, Artigo Científico, Dissertação e Tese. Além disso, oferecemos informações sobre o Monografis, apresentamos ofertas exclusivas e orientamos estudantes diariamente.