Como Fazer o Cálculo Amostral TCC

Compartilhar:

Hoje a aula vai ser sobre Cálculo Amostral, mais uma aula da nossa série de resultados do TCC. Esse é um tema bastante recorrente nas dúvidas dos alunos, portanto, caso tenha ficado com alguma dúvida, preste bastante atenção.

Cálculo da amostra

Primeiro vou começar te ensinando como funciona o teste de hipótese. Então, imagine uma festa lotada de pessoas, como você poderia me dizer a média de idade das pessoas que estão nessa festa.

Você selecionaria uma quantidade de pessoas específicas para fazer uma amostra. Então, por exemplo, numa festa com 100 pessoas, você seleciona uma quantidade e pergunta a idade deles, fazendo uma média ponderada da idade das pessoas naquela festa.

O procedimento de cálculo amostral é tão importante quanto a escolha do delineamento do estudo, e essa amostra deve ser planejada de modo a representar a população-alvo, com o menor viés possível. (VIEIRA; FRACALOSSI, 2013)

Com uma amostra você pode praticamente afirmar que o resultado corresponde à média de idade da festa, desde que você tenha uma margem de erro para a sua amostra.

Normalmente as margens de erro variam entre 2% e 3% tanto acima do resultado, quanto abaixo.

Caso queira saber como calcular o tamanho ideal da amostra a ser feita, recomendo que acesse esse vídeo do professor Chiquinho, especialista em estatística.

Porém, irei explicar como se faz o cálculo abaixo:

Fórmulas Cálculo Amostral
Fórmulas Cálculo Amostral

A fórmula é bem simples, porém, tem-se que entender alguns valores antes:

  • N0= A expressão de primeira aproximação (iremos utilizar na forma final)
  • E0 = Margem de erro (utilizaremos 2%, porém isso pode variar de acordo com a pesquisa)
  • N = Tamanho da população
  • n = Tamanho da amostra
LEIA TAMBÉM:  Tema do TCC - Sugestão do Orientador, Usar ou não?

Vamos começar os cálculos, a primeira coisa que se deve fazer é descobrir o valor de N0. Para isso, vamos utilizar a seguinte fórmula:

N0 =1/(E0)^2 

Entenda o símbolo de “^” como potenciação, ou seja, a fórmula seria N0 é igual a 1 dividido por E0 ao quadrado.

Utilizando uma taxa de 2% o valor de N0 seria igual a 2.500.

Após adquirir o valor de N0, vamos utiliza-lo para achar o valor de n.

Para isso, utilizaremos a fórmula:

n=NxN0/N+N0

Utilizando uma população de 35000 habitantes, ficaria assim:

n=35000 x 2500 / 35000 + 2500

n = 2.333 habitantes

Temos a amostra final.

Fácil não é? Caso tenha dúvidas, entre no link do professor Chiquinho deixado mais acima.

Posso contratar um profissional de estatística?

Sim, você pode. Não é obrigação de nenhum aluno saber como que faz todos esses cálculos estatísticos que as vezes o TCC exige. Portanto, você pode recorrer a um profissional de estatística para fazer esses cálculos pra você.

O mais importante de tudo é citar na sua metodologia que os cálculos foram feitos por um profissional e descrever como foram feitos esses cálculos.

Não é necessário saber como fazer o cálculo, porém você deve entender como foi alcançado o resultado. Você não será penalizado por isso.

Lembrando sempre que eu vou explicar sempre a forma básica da estatística, pois, não sou especialista na área e existem milhares de outros canais sobre estatística que podem ensinar com mais credibilidade do que eu.

Concluindo

Essa foi a aula de hoje, caso tenha ficado com alguma dúvida, entre em nosso canal no Youtube e acesse os nossos vídeos para tirar as suas dúvidas.

Referencias

VIEIRA, Fernanda Pires; FRACALOSSI, Camila. A Regulação de Medicamentos no Brasil. 1. ed. Porto Alegre -RS: Artmed, 2013.

Compartilhar:

Deixe seu comentário