Etapas para fazer uma Revisão de Literatura

Compartilhar:

Artigo mostra 5 etapas obrigatórias da Revisão de Literatura. Entenda também quando usar e a estrutura básica que você deve fazer.

Quais são as Etapas para fazer uma Revisão de Literatura ?

  • Introdução
  • Metodologia
  • Resultados
  • Conclusão
  • Discussão

Então quer dizer que o referencial teórico não é obrigatório em uma revisão? Não, pois a própria revisão de literatura é considerada um referencial teórico. Você encontrará muitas revisões de literatura sem referencial.

Etapas para fazer uma Revisão de Literatura

As etapas da revisão de literatura mostra o que fazer. Por essa razão, tem particular relevância quando se trata de entender em um contexto amplo. Mesmo porque há o debate se alguma das etapas é ou não obrigatória.

Embora não haja um único método para a realização de uma revisão sistemática da literatura, algumas etapas estão presentes nos métodos descritos por vários autores. (DRESCH, LACERDA e ANTUNES JÚNIOR, 2015, p. 143).

Como bem nos assegura Dresch, Lacerda e Antunes Júnior (2015), pode-se dizer que existe uma forma comum que centraliza a opinião dos autores. Neste contexto, fica claro que nem todos os autores apontam as mesmas etapas. O mais importante, contudo, é constatar que todos os autores focam em apresentar os resultados.

Conforme explicado acima o que importa, portanto, é entender que as etapas que serão abordadas aqui servem para te guiar. Essa, porém, é uma tarefa que você deve ficar atento o tempo todo. Vê-se, pois, que te dará uma visão geral.

Como fazer um artigo de revisão passo a passo

É interessante, aliás, lembrar quando será necessário uma revisão de literatura, mas há um fato que se sobrepõe a isso, já que muitos alunos ficam confusos aqui. São esses o momento que você pode usar uma revisão:

  • Documento de pesquisa do curso ou proposta
  • TCC (monografia)
  • Tese ou dissertação
LEIA TAMBÉM:  COMO FAZER A METANÁLISE - FOREST PLOT

Algo além disso, no mínimo questione.

É interessante deixar a introdução por último, mesmo sendo o primeiro item da lista. Isso porque para escrevê-la, precisará de algumas informações que só terá ao final da revisão. Veja alguns dos itens esperados em sua introdução:

  • Falar do tema de forma geral
  • Falar da delimitação do tema
  • Apresentar o problema de pesquisa
  • Deixar claro o Objetivo da pesquisa
  • Mostrar a justificativa da pesquisa
  • Informar a metodologia adotada
  • Mostrar a estrutura dos capítulos da revisão

Ora, em tese, a metodologia é o ponto mais importante da revisão. Caso contrário, toda ela pode ser descredibilizada. Não se trata de apenas mostrar “o como” você fará, mas sim, apresentar como fará para ter dados consistentes. É importante considerar alguns itens de suma importância:

  • Protocolo de inclusão e exclusão
  • Escala de qualidade das fontes pesquisadas
  • Concordância entre revisões com método Kappa

O protocolo de inclusão e exclusão trata-se de uma planilha onde você registra todas as bibliografias consultadas e aplica critério de definirão se a fonte fará ou não parte da sua pesquisa.

A escala de qualidade das fontes mostra quais das fontes são mais relevantes para seu estudo.

No coeficiente Kappa que trata a análise de concordância o estudante vai comparar o nível de concordância entre os autores sobre uma determinada medida. O pesquisador determina variáveis e vai levantar a opinião dos autores em cada uma, depois vai comparar e apresentar.

No resultado da revisão dois itens não podem passar despercebidos:

  • META-ANÁLISE
  • Diagrama PRISMA

Basicamente Metanálise é um método estatístico utilizado para interpretar os resultados dos estudos que foram analisados pela Revisão Sistemática da Literatura. É um teste de alguma coisa e não prova nada. Apenas testa para obter-se conclusões.

LEIA TAMBÉM:  Tipos de Revisão de Literatura
Fonte: SciELO

Na meta-análise também pode conter o teste de heterogeneidade entre os estudos. Tudo isso para uma apresentação coesa e credibilizada. O Diagrama Prisma justamente representa os resultados em um fluxo fácil de visualizar.Uma revisão sistemática pode não ter metanálise caso não necessite usar métodos estatísticos. Dentro dela contem Forest Plot obrigatória na meta-analise, que nada mais é que uma representação gráfica dos resultados.

Na conclusão o pesquisador focará em abordar os resultados focando em mostrar como isso contribui para a pesquisa. Caso não haja discussão, na conclusão também deve fazer o fechamento dos objetivos gerais, mostrando que foram alcançados.

Fonte: ResearchGate

Já nos resultados e discussão é importante dizer quais aspectos não foram estudados para estudos futuros,Indícios Obtidos,Questões em Aberto e Perspectivas Futuras.

Recapitulando

Esse artigo abordou pontos:

  • Revisão de literatura introdução
  • Revisão de literatura metodologia
  • Revisão de literatura resultados
  • Se revisão de literatura tem conclusão
  • Revisão de literatura discussão

Sendo assim, abordamos as etapas de forma simples. Podemos perceber que esse quadro remete o que deve conter na revisão. Não é exagero afirmar que caso uma dessas etapas seja saltada que toda a revisão pode ser comprometida.

 

Obras Citadas

DRESCH, A.; LACERDA, D. P.; ANTUNES JÚNIOR, J. A. V. Design Science Research: Método de Pesquisa para Avanço da Ciência e Tecnologia. Porto Alegre/RS: Bookman Editora, 2015. 204 p.

 

Compartilhar: