Posso usar minhas próprias palavras no TCC?

Compartilhar:

Mas será que podemos usar as próprias palavras ao escrever um TCC? Quando desenvolvemos uma pesquisa é natural querer fazer parte disso. E talvez fiquemos tão empolgados com as descobertas que começamos a introduzir nossas próprias ideias no trabalho.

O que se espera de um bom TCC

É claro que desejamos desenvolver o melhor TCC possível! Para tanto, é preciso ser cuidadoso na escolha do assunto, no desenvolvimento do tema, na especificação da metodologia, entre outros. Ou seja, sua monografia precisa estar coerente e bem fundamentada.

Outro requisito é o posicionamento crítico do autor. Nesse sentido a simples compilação de dados não é suficiente para produzir uma boa monografia. Ana­lisar criticamente os dados é imprescindível. (BONAT, 2009)

Então nesse ponto, você desejará dar uma pitada de personalidade em sua monografia, usando suas próprias palavras. Já que a estrutura de seu TCC está bem construído, o que custa inserir seu próprio estilo de escrita!

Contudo, lá vem seu orientador dizer que você terá que refazer justamente o trecho que contém suas próprias palavra!

O que saiu errado? Será que não posso usar minhas próprias palavras em meu TCC?

Mantenha o mesmo estilo de escrita do ENEM

Caso seu orientador solicite que você refaça seu TCC, pode ser que você não esteja escrevendo na forma dissertativa argumentativa. Esse é justamente o estilo de escrita de uma redação do ENEM. Mas como desenvolver esse tipo de escrita?

Por exemplo, com base no livro “As técnicas básicas de redação” de Branca Granatic, foi desenvolvido o método TSAC. O que vem a ser esse método?

  • Tópico Frasal – uma pequena introdução ao seu texto;
  • Sustentação – o embasamento com base em uma citação direta ou indireta;
  • Argumentação – é onde entra o estilo de escrita dissertativa argumentativa com suas próprias palavras;
  • Conclusão – onde se conclui as ideias de seu texto.
LEIA TAMBÉM:  Como Fazer o Referencial Teórico no Monografis

Fica claro então, que você poderá introduzir suas próprias palavras na “Argumentação”. Seguindo as ideias dos autores que escolheu como parte de seu embasamento teórico, basta agora argumentar sobre o que leu. Inclusive sua argumentação poderá até ser contra o que um autor escreveu, dede que esteja devidamente sustentado. Como se fará isso? Com evidências sólidas em sua pesquisa, ou com base em uma citação de um outro autor que contradiga o proposto. Assim, poderá tranquilamente usar suas próprias palavras nessa parte de seu TCC.

Faça o download do nosso infográfico de Como Escrever uma Dissertação Perfeita! Lá disponibilizamos 4 etapas para você escrever uma dissertação perfeita, um guia simples, prático e eficiente feito para você. Clique no botão abaixo para realizar o download:

Delimitação do Tema
O que é Delimitação do Tema

Concluindo

Agora pode respirar aliviado! Não há nada de errado em introduzir suas próprias palavras em seu TCC. Fazendo isso da forma certa, terá um leque de opções nos parágrafos de sua argumentação.

Poderá também desenvolver sua habilidade de argumentar fazendo bom uso do e-book  “As 9 formas de como argumentar” do Monografis. Para isso basta contatar o suporte do Monografis e ter seu acesso.

Referências

BONAT, D. Metodologia da Pesquisa. Curitiva: IESDE BRASIL S.A., 2009. 132 p.

Compartilhar:

Deixe seu comentário