Os 6 erros que os alunos entenderam errado – Mude isso e faça o TCC mais rápido

Compartilhar:

Se você está na velocidade tartaruga para fazer sua pesquisa e quer fazer seu TCC mais rápido, provavelmente está errando em algum desses 6 pontos aqui. Com pequenos ajustes em como buscar informação sua pesquisa já vai andar. É normal achar que a grama do outro é mais verde, mas agora você vai aprender a regar a sua. Veja exemplos de como isso pode acelerar sua Monografia.

6 erros comuns cometidos por alunos no TCC

Existem 6 erros que o aluno comete na hora de realizar seu TCC por entendimento errado do que realmente precisa ser feito, e ao mudar a percepção desses elementos, é possível desenvolver o TCC de forma mais rápida e fácil.

1.  Buscar por direção em vez de informação

O primeiro deles é o aluno esperar por uma direção, e não por informação. Isso porque, ele não quer pensar no que quer fazer, então fica esperando uma direção do orientador ou buscando ideias prontas na internet.

O aluno precisa parar e pensar o que deseja fazer, e não ficar dependente de direções do orientador ou de outras pessoas. Ele deve experimentar buscar por informações em outros lugares, buscar por normas, cursos ou ferramentas que podem o ajudar.

2.  Valorizar mais a pesquisa de terceiros

Os estudantes tendem a valorizar mais as pesquisas feitas por terceiros do que a sua própria, fazendo sempre comparações e querendo se embasar em pesquisas prontas com temas próximos. Como resultado, o aluno se prende na caixa de ideias do outro e acaba atrasando o seu próprio TCC.

3.  Não seguir um método

É necessário possuir um método e não ter preguiça de ler os manuais e normas. Por isso é importante buscar um método, seja ele próprio ou de outros professores, orientadores ou programas.

LEIA TAMBÉM:  Como Ficar Calmo na Apresentação do TCC

O método é o que irá ajudar na hora de montar o problema de pesquisa e os elementos do projeto de TCC. Ou seja, a segunda etapa desse método seria a escrita dissertativa, uma forma de escrita obrigatória para passar.

Sem isso, fica difícil garantir ao aluno que irá se sair bem no TCC. Por isso é tão importante buscar por um método na forma de escrever.

4.  Problema de pesquisa

Se o aluno não tiver em mente seu problema de pesquisa em todas as etapas do seu TCC, perderá a direção correta. Então, saiba recitar o problema. É necessário que o estudante tenha isto decorado em todas as etapas. Isso porque, em algumas fases vai precisar da justificativa, em outras do objetivo, porém, tudo nasce do problema de pesquisa.

O problema gera o objetivo, gera a justificava. Naturalmente, o aluno vai justificar o problema, não o objetivo. E justificar isso é justificar as razões pelas quais está fazendo essa pesquisa.

O problema deve ser definido do modo mais completo e com a maior precisão possível. Não é raro elaborarmos um problema que pode ser subdivido em outros. Quando isso ocorrer, devemos explorar todas as subdivisões (FERRARI, 2015, p. 13).

Dentro do TCC, os problemas são oportunidades que o aluno não está percebendo, por isso, basta a ele bolar uma hipótese e dali gerar um problema.

Exemplo: Lutadores de MMA que usam técnicas de PNL possuem melhor resultado.

Isso é uma hipótese, uma afirmativa que só pode ser confirmada com uma pesquisa. Então é necessário ao aluno bolar um problema e coletar dados a cerca dele, como quais lutadores usam as técnicas PNL e quais não usam para analisar o rendimento de ambos.

Problema: De que forma a análise de programação neuro linguística (PNL) como ferramenta coach para lutadores influencia no rendimento das lutas?

Esse formato de problema está em um framework criado pelo Guia da Monografia que pode ser visto com mais detalhes, no link abaixo:

Pergunta Mágica Para Definir Problema TCC

Essa analise se torna uma pesquisa descritiva, onde o aluno vai levantar o que tem até o momento, as causas e consequências. Seja positiva ou negativa.

LEIA TAMBÉM:  4 tipos de TCC na área do Direito que mais geram temas

 

5.  Não ter uma metodologia sólida

Caso o aluno não tenha uma metodologia sólida e replicável, por exemplo, não explicitar como fez a coleta e tratamento, o porquê de a metodologia do projeto ser no futuro e do TCC no passado e como ele realizou cada coisa. Certamente, as chances de reprovação no TCC são altas.

 

6.  Escrever sem o formato de texto dissertativo-argumentativo

Caso o aluno escreva o TCC de qualquer forma, sem o uso de embasamentos, argumentos e citações da forma correta. Certamente, fugindo da forma de escrita dissertativa, ele não conseguirá passar no TCC. O Monografis Orientador de TCC segue o método TCC em blocos que tem base a técnica TSAC.

Conclusão

Esses erros os alunos só costumam perceber na hora da escrita do TCC. Portanto, eles são comuns de acontecerem por entendimento errado do aluno.  Por isso, é importante ao aluno prestar bastante atenção nessas questões quando estiver escrevendo o seu TCC.

 

Gostou do artigo? Compartilhe com seus amigos! Caso tenha ficado com alguma dúvida, entre em nosso canal no YouTube e acesse os nossos vídeos.

 

Referências

Ferrari, M.A.M.C. Manual de Elaboração e Normalização de TCC. 1.ed. São Paulo. biblioteca24horas. 2015

Compartilhar:

Deixe seu comentário

Secured By miniOrange