Revisão de Literatura, os ASPECTOS comuns e DIFERENÇAS

Compartilhar:

Antes de iniciar a sua Revisão de Literatura é preciso entender que existe algumas diferenças entre a revisão sistemática, integrativa e a narrativa.

Muitos alunos que precisam realizar uma revisão em seu TCC e não sabem qual aplicar ou quais as diferenças que existe entre as três principais.

Revisão de Literatura Diferenças entre Tipos

As revisões possuem uma pequena diferença com relação a integrativa e a sistemática. Essa diferença que você deve se atentar no momento de escolher uma das duas.

A revisão integrativa mostra como está o tema nos dias de hoje em um geral.

Enquanto que a revisão sistemática mostra com uma pergunta ou problema, como o tema está atualmente.

Enquanto que a revisão narrativa é quase que a mesma coisa. Como está o tema atualmente, porém com base em alguns artigos e trabalhos mais relevantes. Esse tipo de revisão narrativa é o conhecido TCC bibliográfico.

“Tomada num sentido amplo, pesquisa é toda atividade voltada para a solução de problemas; como atividade de busca, indagação, investigação da realidade, é a atividade que vai nos permitir no âmbito da ciência, elaborar um conhecimento […]” (PÁDUA, 2002)

Desta forma, no final das contas a revisão quer te mostrar como que um tema está atualmente.

Você vai ter que fazer um levantamento literário para mostrar isto para o seu leitor. Se seu tema evoluiu, se melhorou ou piorou.

Usando um exemplo para entender

Vamos usar um exemplo para entender. Por exemplo, “energia limpa”. Se você for fazer uma revisão sistemática integrativa sobre energia limpa.

Neste caso, você vai ter que pegar todo tipo de conteúdo, artigos científicos, livros e mostrar como a energia limpa está atualmente.

LEIA TAMBÉM:  Tipos de Argumentação TCC - Exemplificação

Falar sobre isto e tudo que envolve o tema energia limpa. Se você for fazer uma revisão sistemática já muda um pouco.

Você vai ter que possuir um problema dentro da energia limpa ou neste contexto para aplicar a sua revisão.

Um exemplo: “ a energia limpa nas grandes cidades”. Sempre vai ter que possuir um assunto, pois você vai estudar o assunto, não mais a energia limpa em um contexto geral.

Você vai estudar o tema dentro do problema que se baseou, sendo assim que a revisão sistemática funciona.

Já na revisão narrativa, basta estudar energia limpa no contexto geral. Porém, com em livros e artigos e trabalhos de autores delimitados pela abrangência do tema.

Você pode usar fontes literárias para este tipo de revisão, mas lembrando sempre de delimitar o tema e procurar os principais autores que para pesquisar.

Concluindo

Como você pode ver a diferença entre estas três revisões não são muito diferentes. Sendo fáceis de se entender, basta apenas se atentar ao que você quer no seu TCC.

Também, o tipo de revisão que você aplica no seu TCC pode ser delimitado pelo seu professor orientador.

A única um pouco mais diferente é a narrativa, onde você terá que buscar fontes literárias para a realização da mesma.

Entretanto, a sempre uma contextualização nos dias de hoje, em todos os tipos de revisão. Analise e veja qual delas se encaixa melhor no trabalho que você está realizando.

Referências

PÁDUA, E. M. M. D. Metodologia Da Pesquisa: Abordagem Teórico-prática. Campinas, SP: Papirus Editora, 2002.

 

Compartilhar:

Deixe seu comentário