Quais são as diferenças entre MONOGRAFIA, DISSERTAÇÃO e TESE?

Compartilhar:

Na hora de começar a redigir um TCC muitos talvez se perguntem: Será que estou no caminho certo? E se o que estou escrevendo estiver mais para uma dissertação ou uma tese?

Como saber a diferença entre uma monografia, dissertação ou tese?

É importante saber distinguir sua pesquisa

Existem muitos materiais que explicam essas diferenças em cursos,livros ou mesmo na internet. Naturalmente para se chegar a um destino, é imprescindível saber qual caminho tomar. Portanto embora pareça algo trivial, é importante saber diferenciar a estrutura de uma monografia, dissertação ou tese.

Além disso, pode-se desde já afirmar que o que diferencia a de graduação da dissertação ou da tese não é tanto a forma, já que não existe motivo para que o aluno de graduação não se utilize dos mesmos critérios formais para elaboração do texto. (RIZZATO NUNES, 2017)

Se formos aprofundar, é óbvio que encontraremos muitas outras diferenças que distinguem essas estruturas de escrita de uma pesquisa. Entretanto, entender as diferenças básicas já será suficiente para que o estudante não se perca em seus objetivos.

Então quais são essas diferenças e como podemos a partir desse entendimento construir um TCC ideal?

Entenda as diferenças entre monografia, dissertação e tese

Basicamente pode-se diferenciar a estrutura desses tipos de trabalho por meio da metodologia e forma de apresentação da pesquisa. Estas podem ser exploratória explicativa ou descritiva.

  • Monografia – Estudo a ser apresentada em três partes: referencial teórico (base literária e fontes de pesquisa); metodologia (como será feito a pesquisa); pesquisa (resultados a serem apresentados com base em uma análise ou reflexão de um tema ou problema). Segue uma linha exploratória descritiva. Exemplo: “De que forma a análise de um plano de ensino influencia na evasão escolar? ”
  • Dissertação – Envolve levantar questionamentos, fazer críticas, e daí dissertar sobre o assunto conduzindo a uma nova interpretação da informação. Esse tipo de trabalho já segue uma linha exploratória raramente descritiva e possivelmente explicativa. Exemplo: “Qual a importância ou impacto da análise do plano de ensino frente a evasão escolar? ”
  • Tese – O pesquisador deve apresentar algo novo, o que leva a defender um ponto de vista em seus resultados. Pode ser tanto exploratória descritiva, como explicativa, porém mais voltada para essa última. Exemplo: “De que maneira o estudo de um plano de ensino com técnicas de xadrez pode reduzir a evasão escolar? “
LEIA TAMBÉM:  ASSUNTO TCC: 4 Razões Porquê Você Ainda Não Conseguiu Escolher Um Assunto

Com essas definições bem sintetizadas, fica fácil para o aluno saber como desenvolver sua pesquisa. A partir desse entendimento, poderá concentrar seus esforços de modo mais direcionado.

Concluindo

Por mais simples que pareça, infelizmente alguns alunos desavisados podem acabar desenvolvendo sua pesquisa estrutura errada. Já imaginou ter que refazer toda uma monografia por desconhecer essas diferenças!

Acima de tudo caso deseje se aprofundar no assunto para não correr nenhum risco desnecessário, poderá se valer do Monografis. Essa ferramenta poderosa te auxiliará a desenvolver seu TCC do início ao fim com o acompanhamento do suporte técnico especializado.

Referências

RIZZATO NUNES, L. A. MANUAL DA MONOGRAFIA JURÍDICA – COMO SE FAZ: UMA MONOGRAFIA, UMA DISSERTAÇÃO, UMA TESE. São Paulo: Saraiva, 2017.

 

Fonte da Citação:

https://books.google.com.br/books?id=ASNrDwAAQBAJ&pg=PT247&dq=diferen%C3%A7a+monografia+tese+ou+disserta%C3%A7%C3%A3o&hl=pt-BR&sa=X&ved=0ahUKEwjix-qRqtjlAhULDrkGHVEGCJgQ6AEISjAE#v=onepage&q=diferen%C3%A7a%20monografia%20tese%20ou%20disserta%C3%A7%C3%A3o&f=false

Compartilhar:

Deixe seu comentário