Plágio Sequencial | Tipos de Plágio | #03

Compartilhar:

Mesmo citando a fonte corretamente ainda pode ser plágio? Posso perder nota se citar o mesmo autor muitas vezes? Muitas pessoas caem nesse tipo de plágio sem perceber, veja se você não é uma delas.

O que é o Plágio Sequencial no TCC?

O plágio sequencial é quando o aluno pega o mesmo autor e usa diversas citações dele de forma seguida, como na imagem abaixo:

Exemplo plágio sequencial
Exemplo plágio sequencial

Veja na imagem acima que são 3 citações seguidas do mesmo autor, no mesmo trabalho, falando sobre o mesmo assunto. É recomendado que você sempre busque mais de um autor para haver contrapontos em seu trabalho.

É o uso de parágrafos sequenciais vindos de uma mesma fonte de informação. Este critério é subjetivo, ou seja, dependendo do orientador, pode ser considerada normal esse tipo de ocorrência;já para outros, 2 parágrafos sequenciais de mesma autoria seria inaceitável, mesmo que parafraseados. (ESTRELA, 2018, p. 284).

É prudente que o estudante não foque em apenas um autor com apenas uma opinião, busque contrapontos, opiniões divergentes, isso torna o seu trabalho muito mais interessante.

O plágio sequencial é um tipo de plágio muito desconhecido pelas pessoas que acabam perdendo bastante nota em seus TCCs por conta dele.

Portanto, nossa recomendação é no máximo 2 citações seguidas do mesmo autor e logo após apresente um autor diferente com um ponto de vista diferente para gerar um contraponto sempre.

Concluindo

Percebeu que citar o mesmo autor de forma seguida pode te reprovar? É sempre importante conhecer todos os tipos de plágio acadêmico antes de escrever seu trabalho ou vai ter que realizar muitas revisões. Tome bastante cuidado! Caso tenha ficado com alguma dúvida, entre em nosso canal no YouTube e acesse os nossos vídeos.

LEIA TAMBÉM:  Plágio clássico e tipos de plágio - #01

Referencias

ESTRELA, Carlos. Metodologia Científica: Ciência, Ensino, Pesquisa. 3. ed. Porto Alegre -RS: Artes Médicas, 2018. Disponível em: https://books.google.com.br/books?id=67VIDwAAQBAJ. Acesso em: 3 jul. 2020.

Compartilhar:

Deixe seu comentário