Descubra se realmente a hipótese do TCC não serve para nada!

Compartilhar:

A hipótese não serve para nada? Já ouvi muitas pessoas falando isso e hoje, iremos descobrir qual é a real utilidade da hipótese para o seu TCC.

A hipótese não serve para nada?

Professor, na minha instituição, a hipótese é opcional, realmente tenho a necessidade de ter uma hipótese na minha pesquisa? Então, na minha visão, a hipótese é a sua bússola, não consigo me imaginar fazendo um trabalho de pesquisa sem uma hipótese para me guiar.

Hipótese não serve para nada?
Hipótese não serve para nada?

A hipótese proporciona as variáveis da pesquisa, já presenciei várias pesquisas que tiveram que utilizar essas variáveis geradas pela hipótese.

Apesar de não ser obrigatória, a hipótese é parte essencial da sua pesquisa.

Tem como ver os resultados da pesquisa antes de começar?

Seria fantástico ver os resultados que você vai obter com sua pesquisa antes mesmo de começar, não é mesmo? Portanto, é inteligente da parte do pesquisador, procurar analisar se os seus resultados serão relevantes.

Para utilizar como exemplo, fui na base de periódicos da Unicamp e peguei um artigo para explicar melhor para vocês.

O artigo que vou utilizar foi feito pela Rosangela Fritsch e se trata sobre A Evasão em Disciplinas de Cursos de Graduação.

A hipótese te ajuda a levantar as variáveis de pesquisa

Quando você olha um resultado da pesquisa, se pergunta como que a pessoa levantou aquelas variáveis.

Uma hipótese de pesquisa é uma predição que relaciona, no mínimo, uma variável independente a uma variável dependente. (SANTO, 1992)

Portanto, vou mostrar um dos métodos que utilizo para isso.

LEIA TAMBÉM:  Como fazer um TCC com Orientador de TCC VIRTUAL

Serão necessárias pelo menos duas variáveis, de dois tipos diferentes, a variável dependente e a variável independente.

Levantando hipóteses
Levantando hipóteses

Normalmente as variáveis dependentes e independentes tem suas características próprias, sendo as independentes causa e as dependentes efeito. Olhando essa relação, podemos concluir que o efeito depende da causa, não tem como ter uma consequência sem antes ter acontecido algo.

Dependente e independente
Variáveis Dependentes e independentes

Existe uma variável dependente no problema de pesquisa?

Para descobrir isso, temos um passo a passo a se fazer, primeiro, se pergunte qual a consequência do problema de pesquisa.

Depois, veja se você consegue ver uma possível causa desse problema e se ele é um efeito ou resultado de outra coisa,

Caso todas essas perguntas tenham uma resposta negativa, então, não há pesquisa a ser feita porque não há problema a ser resolvido.

Agora, veremos uma exemplificação do que foi falado acima.

Exemplificando a extração das variáveis independentes e dependentes

Vamos utilizar a Evasão Escolar em Disciplinas de Graduação como pergunta problema. Temos 3 possíveis causas para esse problema.

O preço do curso ser muito alto, afinal, nem todos conseguem pagar uma graduação completa, o nível de dificuldade do curso e a distância da faculdade em relação ao local de moradia das pessoas.

Relação de variáveis
Relação de variáveis

Agora, faremos um levantamento de hipóteses para descobrir as variáveis dependentes.

Para descobrir essas variáveis basta apenas fazer hipóteses do que pode ter causado o problema, como o nosso problema se trata de evasão escolar, vamos levantar as variáveis através de hipóteses.

O que pode causar a evasão? Listei novamente as 3 causas citadas acima:

  • Um preço muito alto do curso impossibilitando alguns alunos de pagarem até o final
  • A dificuldade das disciplinas fazendo com que os alunos desistam
  • A distância da instituição em relação a cidade de alguns alunos.
LEIA TAMBÉM:  Perguntas de questionário: 2 Elementos Obrigatórios

Listando essas hipóteses, basta agora você simplifica-las criando as variáveis preço, dificuldade e distância. Simples não é mesmo?

Referencias artigo Rosangela
Referencias artigo Rosangela

Acima estão as referências do artigo da Rosangela que utilizei para essa aula.

Concluindo

Viu como a hipótese é muito importante para o seu TCC? Ficou com alguma dúvida? Caso tenha ficado, entre em nosso canal no YouTube e acesse os nossos vídeos.

Referencias

SANTO, Alexandre do Espírito. Delineamentos de metodologia científica. 1. ed. São Paulo – SP: Edições Loyola, 1992. Disponível em: https://books.google.com.br/books?id=yOVadaBhVRAC. Acesso em: 8 maio 2020.

FRITSCH, Rosangela; VITELLI, Ricardo Ferreira; ROCHA, Cleonice Silveira. A Evasão em Disciplinas de Cursos de Graduação: fatores intervenientes. Revista INternacinoal de Educação Superior, 31 maio 2019. doi: 10.20396/riesup.v6i0.8654012. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/riesup/article/download/8654012/21088/. Acesso em: 7 maio 2020.

Compartilhar:

Deixe seu comentário