Seu Orientador é Teimoso? Veja Como Lidar com isso

Compartilhar:

Você já teve que quebrar a cabeça para reescrever um texto que estava ótimo só porque o avaliador ou orientador não gostou? Você não é o único, alguns orientadores são um tanto dogmáticos quando se trata de conduzir monografias e não aceitam uma forma diferente de escrita daquela que estão acostumados. Mas como lidar com um orientador de TCC teimoso?

Por que alguns orientadores só aceitam quando um TCC é feito apenas do seu jeito?

INSCREVA-SE NA SEMANA DO TCC

Fatores que levam um orientador a ser exigente

Não ficam dúvidas de que os orientadores conhecem bem como funciona a banca avaliadora, e por isso podem dar as melhores sugestões. Principalmente, por saberem exatamente o que pode ou não agradar aqueles que avaliarão o projeto, e dessa forma encurtam o caminho para o seu sucesso na apresentação do TCC.

Ainda assim, o fato de dominarem bem a matéria a ser pesquisada contribui ainda mais para aceitarmos suas orientações, afinal, por mais que seja um comportamento difícil de lidar, não se pode esquecer de que são especialistas na matéria pesquisa.

Na medida do possível, a monografia deve ser feita junto com o estudo das disciplinas do curso ao qual o aluno pertença, de preferência a partir da análise conjunta com o professor orientador de projetos de pesquisa. (TACHIZAWA e MENDES, 2001)

Existem vários fatores que podem tornar seu orientador mais exigente com respeito a estilo e construção de seu TCC. Nem sempre se trata de apenas um caso de querer que tudo seja feito do seu jeito.

LEIA TAMBÉM:  MINICURSO PROJETO TCC - SIMULADOR DE PROJETO LIBERADO!

orientador de tcc explicando

Em alguns casos o orientador pode estar abarrotado de orientações e para ter tempo, passa muitas tarefas para o aluno.

Mas como agir se percebermos que aquilo que o orientador pede está muito fora da linha de pensamento da pesquisa?

Como lidar com orientador teimoso

Antes de mais nada é bom tomar cuidado antes de julgar que seu orientador está simplesmente insistindo em suas preferências. Como sabemos, o orientador participará da banca e conhece bem o que será cobrado.

Mas caso você suspeite que seu orientador não parece muito seguro de como está conduzindo seu trabalho, faça o seguinte:

  • Estude o conteúdo e destaque os pontos que não estejam alinhados com a orientação;
  • Apresente de modo respeitoso esses pontos e ajude o orientador a entender sua preocupação;
  • Acima de tudo questione seu orientador para entender tudo o que se pede.

Questionando o orientador

Na maioria dos casos é tudo uma questão de boa comunicação entre aluno e professor orientador.

Uma possibilidade mais remota, mas ainda possível, é que talvez essa seja a primeira vez que seu professor vai participar como orientador. Assim, ele vai dar tudo de si e cobrar o máximo do aluno, até que aprenda a lidar com o relacionamento de aluno e orientador.

Mas isso não significa que ele não seja habilitado para te orientar, já que foi escolhido pela comissão acadêmica.

estudantes felizes

O orientador deve ser encarado como aliado e nunca como inimigo, pois naturalmente deseja que o aluno alcance o sucesso.

Concluindo

Então é bom sempre lembrar: Nunca aceite uma orientação sem entender plenamente do que se trata. Converse com seu orientador e tire todas suas dúvidas para que possa construir seu TCC a prova de falhas.

LEIA TAMBÉM:  Como Elaborar os Resultados do TCC

Em caso de dúvidas sobre como lidar com esse e outros assuntos, recorra ao suporte do Monografis para garantir seu sucesso.

Referências

TACHIZAWA, T.; MENDES, G. Como fazer monografia na prática. 12ª. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2015.

Compartilhar:

Deixe seu comentário