Por que a história do TCC em blocos vai mudar a sua vida?

Compartilhar:

Então quer dizer que você quer fazer um TCC profissional e tirar 10 na apresentação diante dos familiares e amigos? E para isso fez tudo que podia, mesmo com pouco tempo se dedicou, mas agora percebe que está no fim da linha.

Tudo que você segue não é suficiente para a orientação, sempre parece faltar alguma coisa e te faz perceber que é impossível ficar adivinhando o que o orientador quer.

Você quer se livrar desse peso, mas da forma certa, sem arriscar seu futuro, estou certo?

Você sente que está perdido com tanta informação confusa. A internet era sua salvação só que depois de um tempo você percebeu que só fica ainda mais confuso, não é?

Mas por que isso acontece quando os estudantes vão fazer TCC, monografia, artigo, dissertação ou Tese?

Foi exatamente por isso que na época da faculdade criei um método chamado TCC em blocos que vem ajudando milhares de pessoas por todo Brasil e países vizinhos.

Vou te ensinar em detalhes como receber só elogios do seu Orientador!

Te mostrarei ainda nesse curto vídeo como escrever de forma blindada contra plágio, na realidade você vai aprender a escrever exatamente como a banca do TCC espera que você escreva.

Como foi a minha experiência com o meu TCC

Olha, eu sou a pessoa certa para te ensinar isso porque eu já estive na sua exata posição lá em 2006. Sempre me considerei um ótimo aluno, com notas acima da média e sem me esforçar tanto, sempre tive facilidade em apresentar trabalhos na sala de aula ou realizar atividades extracurriculares.

Mas a verdade é que na hora do TCC eu travei, não só travei, mas fiquei irritado com tudo e todos. Apontava o dedo culpando um aqui e outro ali, quando não era o manual era algum orientador.

Culpei a internet, faculdade, colegas…já estava ficando maluco. Eu sempre conseguia tudo, mas parece que tinha me deparado com algo além das minhas capacidades excepcionais.

Então, foi quando estava olhando um TCC que tinha tirado 10 na faculdade que estudava. Analisei tudo que podia para tentar encontrar porquê aquele texto foi aprovado e todos que mandava voltavam. Mas lógico, o texto daquele trabalho se parecia muito com o meu.

Muitas vezes pegava trechos iguais só trocava as palavras e mostrava para meu orientador. Ele negava o meu, mas era igual ao outro, como pode isso?

Para ser verdadeiramente bem sucedido, em qualquer coisa que você faça, você precisa ter a mentalidade certa. (SILVA, 2020)

Certo dia vi uma exposição de livros antigos e fui dar uma olhada, lá encontrei um livro de redação dissertativa da autora Branca Granatic.

Comecei a folhear e lá vi uma estrutura interessante para escrever textos dissertativo-argumentativo.

Esse livro tinha muita informação e fiquei com medo de ficar ainda mais confuso, então deixei isso para lá. Quando meu prazo estava apertando, mesmo após ter trocado meu orientador e saído de TCC em grupo para individual, então as coisas pioraram.

Achei que sozinho seria melhor para fazer, mas estava em pânico e com bloqueio criativo.

Para ser honesto com você, acho que estava meio decepcionado comigo mesmo. Então, abri aquele livro e comecei a juntar o que fazia sentido comparando com o TCC nota 10 que eu tinha.

LEIA TAMBÉM:  E-Book Como Fazer um TCC 23x Mais Rápido | Baixe Agora!

Ao final, fiz em 9 blocos de parágrafos uma sequência que seguindo a ideia do livro deixaria o texto blindado. Com aquele molde escreveria os capítulos. Bateu um medo, mas fui em frente.

Como descobri a “fórmula mágica” para o TCC

No primeiro bloco devia escrever um tópico frasal, que até aquele momento nem sabia o que era ou como escrever, fiz 8 linhas seguindo a regra do tópico frasal que encontrei no livro sem olhar nada, tirando da minha cabeça.

Depois, uma sustentação, nada demais, era só fazer uma citação embasando pontos do tópico acima, fiz e logo depois vinha a argumentação. Talvez essa parte foi a mais complexa, pois existem umas 9 formas de argumentar.

E por fim, uma conclusão dos pontos levantados no tópico frasal.

Levei para meu orientador aquele capítulo com apenas 4 parágrafos tendo a certeza que levaria mais “esporro”, mas o que aconteceu me surpreendeu! Foi meu primeiro elogio do orientador dizendo que tudo estava muito bem escrito, ele chegou até a perguntar se tinha sido eu que tinha escrito.

Método TSAC do Guia da Monografia
Método TSAC do Guia da Monografia

Deixou apenas uma ressalva de que faltavam mais parágrafos. Ah…sai dali perplexo, parece que acabava de descobrir a cura do TCC, a pílula mágica estava ali diante dos meus olhos.

Veja o método TSAC que compõe o TCC em blocos clicando aqui

A estrutura do TCC em blocos

Comecei a montar modelos em blocos de parágrafos seguindo a mesma ideia, mas com mais parágrafos. Quando já tinha 3 modelos, cada um voltado para uma situação, comecei a escrever sem parar.

O primeiro modelo que criei foi o conceitual. Esse modelo é para quando queremos conceituar um tema. Por exemplo, temos um parágrafo sobre qualidade no atendimento. Esse modelo faz você escrever sobre qualidade no atendimento conceituando todas as abordagens do tema.

O segundo modelo foi um teórico. Esse modelo serve para colher bons conceitos de alguns autores e fazer uma abordagem do tema a partir da visão deles, esse é um dos mais utilizados principalmente na etapa do projeto do TCC.

O terceiro foi o modelo histórico, esse fiz porque precisei contar a história de um tema(capítulo do TCC), uma lei que foi criada há muito tempo. Então não dava para conceituar ou teorizar o jeito era contar a história.

Faltando menos de 11 dias para a entrega do meu TCC e depois de ter sido ameaçado de reprovação sem mesmo ir para banca caso não entregasse no prazo, comecei a seguir os modelos. E sim, estava morrendo de medo de tudo aqui não fazer sentido e acabar reprovando.

Já tinha feito quase tudo em poucos dias, porém a metodologia, introdução, resumo e conclusão tinham regras diferentes.

Levei um tempo seguindo os livros de metodologia para criar esses modelos diferentes e faltando poucos minutos enviei meu TCC. Meu orientador não me dava retorno só para ficar mais angustiante.

Quando o encontrei na faculdade ele disse que me retornaria, mas a banca estava próxima e nada. Acabei indo para banca sem mesmo ter a avaliação do meu orientador.

E lá, então fiz a apresentação muito boa porque não tenho problemas com público, por isso essa parte foi fácil pra mim.

Só que encontrei uma sequência certinha para fazer a apresentação, todos elogiaram muito essa nova forma. Ao final, tirei nota 8.5 com uma crítica apenas, a doutora da banca disse que faltou um autor muito importante em um dos meus capítulos, pediu para que  acrescentasse e me tirou uma boa nota.

LEIA TAMBÉM:  Saiba como não cair em plágio e quantas referências usar em seu TCC!

Depois de fazer os ajustes do modelo histórico e conceitual após essa revisão, consegui passar no TCC da pós com capa dura.

Como virei professor e comecei a orientar alunos no TCC

Um pouco antes de me formar, tive a oportunidade de substituir um professor que era meu mentor no setor de tecnologia da faculdade. Por ser seu pupilo, ele havia me ensinado tudo que sabia e quando ele precisava, eu era seu substituto nas aulas.

Logo que formei, ele se mudou para vitória e recebi um convite da faculdade para um teste como professor universitário no lugar dele.

Aceitei e comecei a dar aula, agora como professor da faculdade. Quando chegou na etapa do TCC passei a orientar, os papeis haviam se invertido e agora teria oportunidade de fazer a diferença.

Porém o que encontrei foi a mesma história, alunos travados com orientações desconexas.

Um aluno chamado Diego me chamou muita atenção na primeira vez que fui para uma banca do TCC como avaliador. Ele sempre me pedia orientações, mesmo não sendo orientador dele, ajustava uma coisa aqui e outra ali, mas percebi que ele estava perdido com a orientação que tinha.

Logo após sua apresentação aconteceu algo que me deixou chocado, o próprio orientador fez críticas pesadas ao aluno após perceber que os outros colegas não estavam de acordo com o texto dele.

Achei aquilo um absurdo, pois sabia o quanto Diego tinha seguido as orientações dele, Diego não conseguiu segurar a raiva e saiu dando um chute na porta.

Como comecei a fazer a diferença

A partir daquele momento, pensei que podia ajudar muitos estudantes compartilhando meus modelos de escrita em blocos, são tão simples de entender que seria a pílula mágica para acabar com essa dor.

Então, ao publicar na internet, um dos modelos foi copiado e o pior, roubado sem me dar os créditos, a raiva era tanta que desisti de deixar na internet, então ajudava apenas quem estava orientando.

Um aluno certo dia me deu a ideia de colocar os meus modelos em uma plataforma paga, dessa forma teria meus direitos autorais.

Para isso precisava de investimento, então, coloquei um valor no e-book do TCC em blocos, contendo todos meus modelos e técnicas por um valor que fosse acessível para o público.

A plataforma que utilizei, se chama Hotmart. A maior plataforma de produtos digitais do Brasil. Em meu primeiro ano na plataforma ganhei um prêmio por destaque na área de educação.

Caso você queira acessar esse material vou deixa a pagina aqui abaixo para que possa clicar e conhecer esse e-book TCC em blocos.

Conheça o ebook TCC em blocos do Guia da Monografia.

TCC EM BLOCOS

Tenha já acesso aos Materiais Exclusivos para sua Formação: Clique aqui e faça o Download dos e-Books e Infográficos do Guia da Monografia.

Concluindo

Essa foi a história do TCC em blocos, e aí? Gostou? Acesse os nosso conteúdos tanto no Guia da Monografia, quanto no Monografis para ter acesso a uma quantidade enorme de conhecimentos.

Referencias

SILVA, Tiago. O caminho do SUCESSO. 1. ed. São Paulo – SP: Editora Bibliomundi Serviços Digitais Ltda, 20 mar. 2020.

Compartilhar:

Deixe seu comentário