Exemplo Explicado – Discurso de formatura do Orador da Turma

Compartilhar:

Fui escolhido como orador da turma, e agora tenho a pesada responsabilidade de fazer o discurso de formatura. Meu Deus! O que vou fazer? Não tenho nem ideia de como começar!

Responsabilidades do Orador da Turma

Antes de mais nada, ser escolhido como orador da turma é uma grande honra! Isso significa que terá o grande privilégio de representar sua turma diante de todo corpo docente e toda comunidade escolar. Mas não é só isso! Estarão presentes também, seus pais, parentes, amigos, além dos pais e convidados dos seus colegas. Ou seja, um desafio e tanto!

Um formando é escolhido previamente pela turma para ser o orador, geralmente alguém que se destacou durante o curso. Possuindo uma boa dicção escreve o discurso submetendo-o à turma. (MARTINS, 2017)

Nessa hora começa a dar aquele “frio na barriga”, e você pode ficar desesperado! Como conseguir elaborar um discurso que represente bem seus sentimentos com respeito a toda experiência vivida nos anos de curso? Como dizer as palavras certas para motivar a turma, deixar seus pais orgulhosos e honrar seus professores?

Exemplo prático de um discurso de formatura

Portanto, vamos ver como é possível organizar suas ideias por meio de um belo exemplo usando alguns mapas mentais. Quer dizer, não precisa ficar sofrendo por antecipação, o importante agora é se preparar bem para fazer bonito!

Assim como, por meio de um mapa mental ou um esboço dividido com tópicos e subtópicos, poderá organizar os assuntos que considerará.

  • Cumprimentos – inicie cumprimentando a banca e destaque por nome seus membros talvez mencionando como cada um contribuiu para o seu sucesso;
  • Papel do Orador da Turma– deixe claro que o papel do Orador é deixar ali o histórico da turma;
  • Papel dos pais – pode-se destacar por meio de uma citação bíblica como os pais foram fundamentais para direciona-lo e conduzi-lo no caminho certo. Aproveite o calor do momento para fazer uma bela dedicação aos pais;
  • Evolução da turma – nesse ponto é bom mencionar por nome, as qualidades e pontos fortes de alguns colegas de sala. Cabe aí “quebrar o gelo” com algum comentário bem-humorado sobre algum momento engraçado da turma;
  • Desfecho – agora é só finalizar com agradecimentos a instituição, bem como ressaltar os ensinamentos dos professores e o histórico da turma. Pode-se usar algum exemplo de vida de uma celebridade ou personagem histórico em suas conclusões.
LEIA TAMBÉM:  Discurso de formatura objetivo do orador

De posse desse passo a passo, agora é só treinar em frente ao espelho. É lógico que você vai querer comover seu público com suas considerações. Seguindo a premissa desse ponto de vista, é melhor se preparar com bastante antecedência e treine o máximo que puder!

Concluindo

Dessa forma, fica claro que aprender por meio de um exemplo é muito mais vantajoso do que simplesmente entender a teoria. Assim, se seguir cada etapa desse exemplo, terá o orgulho de no final ver o sorriso de aprovação de todos. Principalmente daqueles que você mais valoriza, seus pais.

Por fim, acima o professor Douglas Tybel faz um discurso de paraninfo sem leitura ou ”colinha”. Dessa forma, foi feito um roteiro e com base nele o discurso foi saindo. Veja como ficou e comente o que achou. Lembre-se que a lógica do discurso tanto para paraninfo quanto orador é a mesma, só muda o papel do paraninfo e o papel do orador.

Referências

MARTINS, J. G. Manual de celebrações do ministro: para eventos e cerimônias religiosas. 1ª. ed. Curitiba: A.d.santos Editora, v. I, 2017. 126 p.

Summary
Compartilhar:

Deixe seu comentário