Como fazer CITAÇÃO de CITAÇÃO expressão APUD?

Compartilhar:

Já ouviu falar da expressão APUD? Como utilizar uma citação com ela? Qual a diferença dela para as outras citações? Acompanhe o artigo para tirar essas e mais dúvidas.

Citação com expressão apud

Sabe quando encontramos aquela citação perfeita para o nosso TCC, porém ela já foi feita por alguém? E agora? O que fazemos? É aí que entra a expressão apud.

Essa expressão serve exatamente para citar uma citação, como assim professor? Vamos supor que Cardoso citou Tybel em seu trabalho, você tem acesso ao livro de Cardoso, mas não tem ao de Tybel, sendo assim, a citação ficaria: (TYBEL apud CARDOSO, 2007).

O termo latino apud possui a acepção de “junto de, em, citado por, conforme ou segundo”. Indica a fonte de uma citação indireta, quase sempre fazendo menção ao nome do autor a que se refere a obra. (SABBAG, 2016).

Basicamente estamos dizendo que citamos a citação do Cardoso ao Tybel, o que torna a expressão apud muito útil aos alunos.

Regras de Formatação

Citação de citação – Expressão latina “apud”

  • Apud significa “citado por”;
  • Autor do texto à esquerda, quem citou a direita;
  • Cardoso citou Tybel em seu artigo e você teve acesso a Cardoso, mas não tem acesso ao livro de Tybel e que usar a mesma citação, então fica: (TYBEL apud CARDOSO, 2007);
  • Traduzindo: (TYBEL citado por CARDOSO, 2007);
  • Não é bem vista pela banca, use pouco apud;
  • O número da página é necessário caso seja uma citação direta: (OVERSTREET apud CARNEGIE, 2007, P.79).

Exemplo:

  • Convencer alguém, seja nos negócios, no lar, na escola ou na política, é despertar na outra pessoa um desejo ardente. (OVERSTREET apud CARNEGIE, 2007).
LEIA TAMBÉM:  Como Citar Agnome e Sobrenomes Composto
Regras de Formatação
Regras de Formatação

Abaixo vemos um exemplo da expressão apud sendo utilizada em um texto:

Exemplo apud
Exemplo apud

Concluindo

Viu como é tranquilo usar a expressão apud? Apesar de não ser tão bem vista pela banca, pode ser muito útil em alguns momentos. Gostou do artigo? Compartilhe com seus amigos! Caso tenha ficado com alguma dúvida, entre em nosso canal no YouTube e acesse os nossos vídeos.

Referências

SABBAG, Eduardo. Manual de português jurídico – 9ed. 9. ed. São Paulo – SP: Saraiva Educação S.A., 2016. Disponível em: https://books.google.com.br/books?id=JEJnDwAAQBAJ. Acesso em: 16 set. 2020.

Compartilhar:

Deixe seu comentário