O que é Fichamento no TCC? 📝

Compartilhar:

No artigo de hoje você conhecerá sobre o fichamento de conteúdo, uma das partes do TCC que mais causam dúvidas aos alunos. Gravei um pequeno video, para te ajudar a entender como fazer seu fichamento.

No vídeo, você terá todas as suas dúvidas sobre fichamento do TCC sanadas. Estará apto a fazer um fichamento com perfeição. Hoje, falaremos mais especificamente sobre o fichamento de conteúdo, suas funções e como ele é feito diretamente na prática.

O Fichamento no TCC e suas funções

Existem vários tipos de fichamento. Entretanto, todos tem um simples conceito base, formular ideias de outro autor com suas palavras. Temos fichamento de conteúdo, bibliográfico, e fichamento de citações.

Hoje, no entanto, falaremos exclusivamente do fichamento de conteúdo para o TCC, que é o principal interesse dos alunos. O fichamento nada mais é uma atividade que busca resumir textos e exprimir com suas palavras a compreensão da teoria dos autores (CANDELORO e SANTOS, 2006)

O fichamento de conteúdo nada mais é que, algumas fichas do conteúdo. Possui esse nome porque anteriormente era feito em fichas, mas hoje não é tão rigoroso. A produção de fichamentos, conforme explicado acima, é bem simples e dinâmica. Principalmente quando já se tem o material do fichamento em mãos.

Então podemos entender que a formulação de um fichamento de conteúdo servirá não só para a construção do TCC, mas como método de estudo. Ou seja, para fazer um fichamento, basta, por exemplo, ter uma obra que se queira estudar. Assim, o material base de se fazer um fichamento você já terá, basta começar.

O Fichamento de Conteúdo e sua Importância

O fichamento no TCC é muito importante, servindo como base de estudos e auxiliando a compreensão da teoria. O objetivo de um fichamento é a compreensão total da teoria do autor, pondo ela em suas próprias palavras. Com o fichamento, você terá maior domínio da teoria e da obra fichada.

O TCC é muito usado para alunos que estão com dúvidas sobre teorias, mas não necessariamente tem a intenção de o colocar no trabalho. É possível, por exemplo, fazer um fichamento, sem nenhuma intenção de implementar ele no seu TCC, só para estudos de teoria.

Como foi dito no exemplo acima, você pode simplesmente fazer um fichamento para estudos, mas é importante mencionar a existência do fichamento na metodologia. Não delete o fichamento, o professor pode requisitar ver ele ou até que você implemente no TCC depois.

************** IMPORTANTE **************

Enquanto que para um TCC de estudo de caso você usa Questionários para poder fazer a coleta dos dados, analisar e depois apresentar os dados. Em um TCC bibliográfico você não usa questionários, mas sim FICHAMENTOS como ferramenta para coleta de dados. Assim poderá analisar e apresentar os dados através de uma REVISÃO DE LITERATURA.

TCC estudo de caso >> Questionários >> Apresentação Resultados

TCC bibliográfico >> Fichamentos >> Revisão de Literatura


Então, se você acaba de ser introduzido a um novo autor sobre o tema de seu TCC, fazer um fichamento pode ser uma jogada boa para adicionar o conteúdo dele ao trabalho. Assim, você terá conhecimento e base boa para trabalhar esse conteúdo. Abaixo deixarei um artigo sobre tema de TCC.

O fichamento pode ser muito útil para os seus estudos e agora você já sabe como utilizar esse recurso. Se está fazendo um TCC bibliográfico, então fará uso do fichamento mesmo que sem saber.

Recapitulando

Dúvidas sobre a produção de fichamentos são extremamente normais, por serem um assunto muito abrangente. Agora você sabe tudo que você realmente precisava entender para produzir com facilidade um fichamento de conteúdo. Faça um fichamento e resolva todas as suas dúvidas sobre obras ou autores.

Veja outros modelos de fichamento nesse link: Veja outros modelos de fichamento

No primeiro parágrafo foi explicitado com clareza o motivo pelo qual se faz o fichamento de conteúdo e qual sua função em um TCC. No segundo, foi dito que sua obrigatoriedade não existe, mas sua menção é de extrema importância na metodologia.

Bibliografia

CANDELORO, R. J.; SANTOS, V. D. Trabalhos Acadêmicos. Porto Alegre, RS: AGE, 2006.

Compartilhar: